2025

 

Nós temos que aprender a entender o porquê das coisas acontecerem, pois muitas vezes isso independe de quem está no poder, ou de uma crise maior. O objetivo de Deus é sempre a evolução do ser humano e do planeta como um todo.

 

O brasileiro (vamos considerar todos que estiveram no Brasil) desde o seu descobrimento nunca deu valor à sua pátria, sempre foi um país explorado e suas riquezas retiradas de uma forma exagerada, até hoje o brasileiro está acostumado com fartura, pois temos uma das maiores produções agrícolas do mundo; acostumado com um clima favorável, um país bonito, rico em minérios, água farta, praias maravilhosas, etc.

 

Mas será que aprendemos a agradecer a Deus por isso? Acredito que não! E hoje vemos que com a crise as duras penas o brasileiro passou a dar valor à água que consome, ao alimento que vem à mesa, ao salário que recebe, etc. Ou seja, é hora de aprender a a agradecer a Deus por tudo que nos cerca, pois é esse sentimento que fará do Brasil um novo país. Tornando-se a pátria do mundo, o berço de uma nova civilização, um exemplo de convívio, de miscigenação. O Brasil por ser regido pelo 4ª Rayo irá despontar em 2025, mas para isso é preciso efetuar uma verdadeira faxina. Teremos um Excelente Presidente em 2018, pois as mudanças serão drásticas. É preciso uma pessoa de Bem para governar o país daí em diante. O que vemos hoje será muito, mas muito diferente após 2025, veremos um Brasil como uma nação à frente de mudanças no mundo, como umas das nações mais pacificadoras que existe. Será exemplo de união e paz, pois será dado o início da 7ª Raça Raiz.

 

O que o Kardecismo diz como sendo a Pátria Evangelha,  será uma realidade, mas não apenas ligado a conceitos de uma só religião, mas sim de uma Única Religião. Mostrará ao mundo que é possível viver em harmonia e paz indiferente de suas crenças.

 

Em 2018 podemos ter um presidente afrodescendente (não necessariamente), mas uma pessoa de bem, que fará o melhor pelo país, sua missão já está assegurada por Deus, pois é grandioso o que terá que ser feito.

 

Hoje ainda vemos muita confusão, pois o Brasil precisa ajustar suas diferenças. Temos um país que foi formado por três diferentes tipos de classes: a inferior formada de descendentes de escravos e índios, a média formada principalmente pela classe trabalhadora de imigrantes e a alta formada por descendentes da alta burguesia portuguesa, donos  de fazendas e das capitanias. Hoje isso tudo vem se misturando, diminuindo e isso é importante para essa nova civilização que vai surgir no país.

 

Ainda faltam algumas raças para virem para o Brasil, mas vemos hoje que algumas já começaram a se mover, uma delas é a indiana. Pois será preciso juntas todas elas e com o tempo com a total miscigenação, teremos o nascimento completo da 7ª Raça, pelo o qual será predominante na Terra.

 

No mundo ainda será preciso surgir uma nova forma de economia, uma vez que nem o capitalismo e nem o socialismo deram certos. A Europa está envelhecida e isso é bom, pois terão que “importar” trabalhadores de outros países, principalmente os mais pobres dando chances de evoluírem com isso.

 

Não só o Brasil, mas a África também se tornará um celeiro do mundo. Um continente onde tem muitos países sem “vícios”, com uma terra virgem, onde será fácil implantar uma agricultura natural, que será utilizado como alimento para o Mundo.

 

Nos EUA temos grandes chances de uma mulher se tornar presidente pela primeira vez no país e isso é visto com muito bons olhos pelo mundo espiritual, pois se tornará uma pátria mais pacificadora: “Uma Mãe não quer ver seus filhos morrerem na guerra”.

 

A China começará a abrir as suas “portas”, passará a ter um papel importante na “Criação” de um Novo Mundo. Investidores chineses passaram a se preocuparem com a fome no mundo e com as crianças carentes. Todo esse crescimento chinês os fez tornarem-se ricos por um grande motivo; não podemos esquecer que a China é um dos berços da civilização e que sua espiritualidade é muito acentuada, são precisos, trabalhadores e obedientes; e vão sempre em busca de seus objetivos. Características muito importante para a evolução humana. E passaram esse seus conhecimentos milenares a outros povos mais carentes, ajudando na evolução do planeta.

 

Do Japão veremos a “Exportação da Arte”;  verdadeira arte da Nova Era surge de lá. Uma Arte baseada na espiritualidade na evolução do ser humano através do Belo.

 

Nisso vemos que Deus vem construindo um novo Mundo baseado na trilogia: Verdade (China, no sentido de caráter); Bem (Brasil) e Belo (Japão). Não que os demais países não serão úteis ou não façam parte, mas esses três irão encabeçar as grandes mudanças na Terra.

 

Na Alimentação correta veremos países da África e Brasil, como celeiros do Mundo.

 

A Europa como um todo dará mão de obra aos países mais pobres.

 

Os EUA ajudarão a construir o Mundo Novo com tecnologia e descobertas, como já vem sendo hoje, porém menos bélicos. O que vem gerando um grande carma para o país.

 

Países de tecnologia de ponta, como: Rússia, China, EUA, Japão, Reino Unido, França, Índia e outros se unirão em um projeto comum nas buscas espaciais, trazendo novas descobertas e auxilio à humanidade.

 

Um das maiores mudanças e a “saída” da energia no sexto Rayo regido por Marte e a entrada da energia do quarto Rayo regido por Mercúrio (Planeta Sagrado) e a Luz (Um planeta não sagrado), com isso mudanças muito significativas começaram a ocorre na Terra, uma das principais é que começam a encarnar almas com o ego regidas pelo o quarto Rayo e não mais do sexto, isso quer dizer que como o quarto raio é da harmonia através do conflito, e está muito ligado à arte (de gerar harmonia através do conflito, não apenas de artistas em si, pois temos artistas em todos os rayos) e a matemática, teremos uma revolução na Arte e na Música (lembrando que essa tem uma forte relação com a matemática). Muitos pintores e artistas renomados em séculos passados passarão a reencarnarem, e servirão de pilares para uma nova era. A música e o belo farão parte da humanidade. Não é ao acaso que atualmente vêm morrendo muitos artistas e cantores, pois sua arte estavam ligadas mais ao sexto rayo, ligados a Marte, pois muitos são de uma certa forma “agressivos”, marcianos, não que seja certo ou errado, pois no seu tempo teve a sua função, mas para os próximos milênios não fará mais sentido.

A Arte muda de uma forma significativa, estará mais ligada a gerar harmonia.

 

A religião como conhecemos hoje perde sua força, pois foi fortemente regida por Marte, exemplo disso foram as cruzadas, a inquisição e as guerras santas. Tudo era imposto ao homem com dogma, era colocado à força. A partir de 2025 (já estamos sentindo o seu reflexo) torna-se mais mental, mais racional (Mercúrio) o homem passa a aceitar com mais naturalidade a fé e a religião, pois Netuno seguirá dominando mais o sexto rayo e não mais Marte. A mediunidade será mais latente, lembrando que todo o ser humano tem mediunidade em graus e aspectos diferentes, e como a intuição também é uma forma de mediunidade o homem passa a ser mais intuitivo, nisso temos que lembrar das palavras do Mestre Tibetano: “Chegará um dia onde teremos que aprender a esconder os nossos pensamentos”.

 

Como o Brasil é regido pelo quarto rayo ele passará a exercer uma enorme influência à partir daí, por isso que estamos hoje passando por uma verdadeira faxina em todos os sentidos.

 

O quarto rayo rege também o Corpo Físico e com isso a medicina muda a forma de entender o homem, passarão a dar um valor maior ao corpo, alimentos  mais saudáveis, agricultura orgânica, e não mais apenas ao Corpo Astral como era regido pelo sexto rayo.

 

O reino animal está ligado ao sexto rayo, por isso o sacrifício de animais foi muito evidente nesse período, uma forma de evolução dos mesmos, mas com a mudança para o quarto raio (vegetal) o homem começa a se tornar mais vegetariano e o sacrifício de animais começa a diminuir como forma de alimentação da humanidade.

 

Índia e Itália têm o quarto rayo como o da personalidade, não é atoa que muitos artistas surgiram dali, e passaram a influenciar fortemente a cultura humana com sua arte nesse novo ciclo, porém de uma forma muito diferente, mais focada a elevação da espiritualidade, nesse caso o Japão estará “exportando” sua arte e cultura a esses países.

 

Alemanha, França, Áustria e Brasil têm o quarto rayo como sendo o egoíco, sendo a Alemanha e a França como a liberação do conhecimento a Áustria como a iluminação do caminho e o Brasil a semente oculta.

 

Como o quarto rayo está ligado as construções arquitetônicas e as projeções de cidades modernas; veremos muitas transformações nesse sentido.

 

Como o quarto rayo está muito ligado à raça Atlante, essas almas passaram a encarnar na Terra novamente, trazendo um avanço muito grande para a humanidade.

 

O quarto rayo está ligado à exatidão, ao cálculo perfeito, a organização.

Ligue: (11) 9.7617-6904

 

 

@2015 by Moisés Fernandes.